Gina Rodriguez, conhecida por Jane the Virgin, comentou as acusações que tem sofrido por parte do público no programa de rádio Sway in The Morning. A atriz protestou contra a desigualdade salarial em Hollywood, mas as suas falas foram consideradas racistas.

No programa, em lágrimas, Gina Rodriguez afirmou que as declarações foram tiradas do contexto. Além disso, disse que as críticas são “injustas”.

“Eu sempre acho difícil falar sobre salários igualitários sendo uma mulher que recebe uma quantidade substancial de dinheiro”, destacou a famosa.


As críticas começaram após uma entrevista de Gina Rodriguez à Net-A-Porter. Na ocasião, a atriz comparou o pagamento de salários conforme o grupo étnico.

“Eu fico petrificada em falar sobre pagamentos igualitários. Mulheres brancas ganham mais que mulheres negras, mulheres negras ganham mais que mulheres asiáticas e mulheres asiáticas ganham mais que mulheres latinas, é um tópico que me assusta muito em ser abordado”, declarou a famosa na época.

Carmen Sandiego | Gina Rodriguez revela o que mais gosta da década de 90 em vídeo da Netflix

Como pode ser visto no vídeo abaixo, a atriz de Jane the Virgin ficou devastada com as críticas.

“Quando dizem que eu sou contra negros, estão dizendo que sou contra a minha família. Eu conheço o meu coração e sei o que eu quis dizer. A última coisa que eu queria fazer era colocar em confronto dois grupos sub-representados”, explicou a famosa.

No momento, a atriz também está na Netflix com a animação Carmen Sandiego. Gina Rodriguez dubla a personagem principal.

A primeira temporada de Carmen Sandiego já está disponível.