O jovem ator e comediante Pete Davidson não nutre nenhuma simpatia por Louis C.K. A rixa entre os humoristas, aparentemente, é bastante antiga.

De acordo com um relatório da E!, Davidson fez novos comentários ácidos sobre C.K. em um recente show de stand-up, brincando que deseja sua morte. Davidson já havia disparado contra o polêmico comediante recentemente, criticando suas piadas sobre os sobreviventes do tiroteio de Parkland.

“Fiz uma tatuagem de Harry Potter. Então, no dia seguinte, Alan Rickman, o cara que interpretou Snape, morreu e achei uma coincidência estranha”, disse à multidão. “Então fiz uma tatuagem de Willy Wonka. Um dia depois, Gene Wilder morreu. Certo, é uma coincidência, é muito estranho. Agora estou pensando em fazer uma tatuagem de Louis C.K. O que acham?”


Ele continuou: “Esta piada costumava ser sobre Aziz Ansari, mas Aziz tem sido legal comigo recentemente.”

Dono de clube diz dar completa liberdade a Louis C.K. para fazer suas piadas: “Gênio da comédia”

Pete Davidson não parou por aí. Ainda com Louis C.K. como assunto, Davidson lembrou a época em que o comediante tentou demiti-lo de Saturday Night Live, famoso programa cômico norte-americano.

“Ele disse a todos os produtores, na minha frente, que eu fumava maconha e que acabaria com minha carreira. Ele disse que eu fumava tanto que simplesmente deixava as pessoas desconfortáveis. Então cinco anos depois este filho da mãe começa a trancar portas e se masturbar na frente das pessoas”, concluiu, fazendo referência às inúmeras acusações de assédio sexual que Louis C.K. recebeu ao longo de 2017 e 2018.

Pete Davidson se juntou ao Saturday Night Live em 2014, se tornando um dos membros mais jovens do elenco. O humorista teve um breve relacionamento com a cantora e atriz Ariana Grande, mas eles não estão mais juntos.