Apesar de ter falecido há quase 40 anos, o astro John Wayne vem recebendo inúmeras críticas negativas por uma entrevista que fez para a revista Playboy, em 1971.

Crítica | O Homem que Matou John Wayne

Na revista, o astro de filmes de faroeste como Rio Vermelho e Tempos de Diligência, afirma acreditar na supremacia branca: “Nós não podemos entregar tudo para os negros. Eu não acredito em dar autoridade e posição de liderança para pessoas irresponsáveis”.


Assim, a entrevista preconceituosa ganhou força nesta última semana de fevereiro e neste sábado, dia 24, foi anunciada uma campanha online, encabeçada pelo site LA Times, para retirar o nome do ator do aeroporto John Wayne Airport, em Orange County na Califórnia, Estados Unidos.

Com o título “É hora de tirar o nome de John Wayne do aeroporto”, a reportagem mostra o pensamento retrógado de Wayne sobre os homossexuais, os índios e os negros e racionaliza: “Existem residentes de Orange County que merecem mais essa honra do que Wayne” e pede que os internautas liguem para o aeroporto, exigindo essa mudança.

Na web, os fãs de Wayne se dividiram: alguns acharam bobagem a campanha, 40 anos após sua morte, enquanto outros ficaram tristes em ver o quão atual ainda continuam as falas de Wayne.

Confira imagens do aeroporto, abaixo!