Lisa Seagram, celebrada atriz da Era de Ouro da TV americana, morreu no início deste mês, aos 82 anos. O falecimento da atriz foi revelado nesta terça-feira (26), por Chela Fiorini, sua filha.

Jeraldine Saunders, criadora de O Barco do Amor, morre aos 96 anos

A atriz interpretou Lila, uma ruiva fatal, cúmplice do vilão Louie the Lilac (Milton Berle) na 3ª temporada da série do Batman, protagonizada por Adam West. A produção foi exibida pela ABC nos anos 60.


Em Família Buscapé, clássica comédia que inspirou o filme homônimo dos anos 90, Lisa Seagram interpretou Edythe, a noiva de John Brewster, um poderoso barão do petróleo.

Além disso, Seagram fez participações especiais em outros seriados clássicos, como A Feiticeira, Meu Marciano Favorito e Perry Mason.

No cinema, Lisa Seagram contracenou com Frank Sinatra em O Bem Amado (1963) e com o comediante Bob Hope em Um Solteirão no Paraíso (1961). A atriz também é lembrada por participações em Tempero do Amor (1963), Os Insaciáveis (1963), Uma Casa Não é um Lar (1964) e Caprice (1967).

Após se aposentar das telonas e da TV, Lisa Seagram abriu uma escola para atores, nos anos 80. Batizada de Actors 2000, a instituição foi inaugurada no Havaí e depois transferida para Los Angeles nos anos 90.

Lisa Seagram morreu após uma batalha de 7 anos contra a demência. Ela deixa para trás duas filhas e dois netos.