Em 2018, o diretor Luc Besson foi acusado por abuso e assédio sexual por mais de cinco mulheres, com uma delas abrindo um processo contra o cineasta na França.

Luc Besson é acusado por mais cinco mulheres por abuso e assédio sexual

De acordo com o relato da suposta vítima, Luc Besson a teria abusado sexualmente, depois de drogá-la em um hotel na França chamado Le Bristol Paris em maio de 2018. Mas segundo o site Hollywood Reporter, nesta segunda-feira, dia 25, o caso foi arquivado por falta de evidência.


O promotor responsável pelo caso anunciou em uma entrevista coletiva que os investigadores não encontraram evidências de estupro. O representante de Besson se mostrou satisfeito com a decisão da MP, frisando que o cineasta sempre negou as acusações.

Luc Besson, no entanto, ainda enfrenta o declínio de sua empresa que só no ano passado teve um prejuízo de R$ 394 milhões.