Selma Blair falou sobre sua saúde depois de fazer um retorno emocional ao tapete vermelho do Oscar 2019.

A atriz – que revelou em outubro de 2018 que foi diagnosticada com esclerose múltipla – deu sua primeira entrevista na televisão na terça-feira, falando com Robin Roberts, da Good Morning America.

A atriz disse a Roberts que ela estava no meio de um surto, e estava experimentando uma disfonia espasmódica, uma desordem neurológica que afetava sua voz.


“Estou indo muito bem”, disse Blair. “Estou muito feliz em vê-la. Ser capaz de expor o que é estar no meio de uma forma agressiva de esclerose múltipla é bom. Então, meu discurso é que eu tenho disfonia espasmódica agora. É interessante estar aqui para dizer que este é o meu caso particular.”

Abrindo o jogo sobre ter recebido o diagnóstico depois de procurar inúmeros médicos, Blair disse simplesmente que “chorou”.

“Eu derramei lágrimas”, explicou ela. “Não eram lágrimas de pânico, eram lágrimas de saber que agora eu tinha que ceder a um corpo que tinha perda de controle e havia algum alívio nisso.”

Oscar 2019 | Selma Blair usa bengala em primeira aparição pública após diagnóstico de esclerose múltipla

Blair disse que experimentou sintomas por algum tempo antes de saber que tinha esclerosa múltipla.

“Houve momentos em que eu não aguentava e estava realmente lutando para sobreviver”, ela admitiu, observando que “não estava sendo levada a sério pelos médicos”.

“Eu deixei meu filho na escola a quilômetros de distância e antes de chegar em casa eu tive que parar e tirar uma soneca… estava me matando. E então, quando recebi o diagnóstico, chorei de alívio.”

A estrela disse que já havia procurado conselhos de Michael J. Fox, que vive com a doença de Parkinson há décadas.

“Eu disse: ‘Eu não sei com quem conversar, estou perdendo coisas, estou fazendo coisas estranhas’. Ele entrou em contato comigo… mas, na verdade, ele me dá esperança”, disse ela.

Enquanto Arthur, filho de Selma Blair, sabe sobre a doença de sua mãe, ela diz que está focada em fazer seu filho se sentir seguro. Ela também entende que não há problema em tirar um dia de folga se ela precisar. “Meu filho entende isso e agora aprendi a não me sentir realmente culpada”, explicou ela.

Selma Blair atuou em longas como Legalmente Loira e Segundas Intenções, mas ficou mais conhecida por seu papel em Hellboy, de Guillermo del Toro.