A batalha judicial entre Johnny Depp e Amber Heard continua longe de terminar! Nesta sexta-feira, dia 1, o ator entrou com um processo de U$50 milhões contra a ex-esposa

Johnny Depp alega ter provas de que não agrediu Amber Heard e cita testemunhas

Segundo o site The Blast, o astro da franquia Piratas do Caribe processa Amber por difamação, afirmando em documentos enviados ao tribunal que as alegações de abuso doméstico dela são uma “elaborada farsa”.


O novo processo culminou da matéria escrita pela atriz de Aquaman para o jornal Washington Post em 2018, no qual ela se autodenomina como uma “sobrevivente de abuso doméstico” e fala sobre a importância da cultura contra violência.

O advogado de Depp reconhece que Amber não menciona seu cliente por nome, mas afirma que o artigo todo “depende da premissa que Heard sofreu abuso físico e que Depp foi o transgressor”.

Por fim, ele acusa: “Amber não é a vítima de abuso doméstico, ela é perpetradora.”