Processado por orquestrar um falso crime de ódio, o ator Jussie Smollett, da série Empire, terá que responder por 16 crimes perante júri popular.

Polícia de Chicago afirma ter “muitas evidências” contra Jussie Smollett, de Empire

No sistema jurídico dos Estados Unidos, é comum que suspeitos e criminosos sejam enquadrados em vários artigos de lei de uma vez só.


Smollett chegou a ser preso no mês passado, porém foi libertado após pagar fiança de 100 mil dólares.

No final de janeiro, o ator disse ter sofrido um ataque racial e homofóbico por dois homens. No entanto, a versão foi desmentida pela polícia, que deixou claro que o ator orquestrou o crime.

Aparentemente, Jussie Smollett criou a ideia do falso crime de ódio para ter seu salário aumentado e lucrar com publicidade.

O ator foi muito criticado por grandes nomes do entretenimento americano, por desautorizar e dificultar o relato de casos reais, que acontecem com pessoas negras e LGBTQs todos os dias.

A primeira audiência do julgamento de Jussie Smollett está marcada para 14 de março.