Envolvida em um escândalo sobre compras de vaas em universidades nos EUA, a atriz Felicity Huffman, que se declarou culpada no caso, deve pegar prisão domiciliar pelo crime. A informação é do Los Angeles Times.

Segundo o jornal, é provável que a atriz acabe sendo condenada de quatro a dez meses de prisão domiciliar. A decisão da atriz em assumir a culpa pelo crime será essencial na definição da pena.

Lori Loughlin é outra atriz que também está envolvida no esquema. Até o momento, a justiça norte-americana afirma que não há provas de que os filhos também estão envolvidos no crime.


O caso passa por documentos descobertos pela mídia, que mostram que as suspeitas foram presas sob acusações de terem pago subornos de até US$ 6 milhões para colocar seus filhos em algumas das melhores universidades dos Estados Unidos, como Yale, Stanford e outras.

Dentro do esquema, os filhos das investigadas foram inscritos nas universidades como atletas recrutados, muito embora não tivessem capacidades atléticas de fato.

Dezenas de treinadores da divisão de futebol americano universitário também estão sendo investigados por sua participação no esquema.

É esperado que os julgamentos comecem nas próximas semanas.