A atriz Lori Loughlin e seu marido, o designer de moda Mossimo Giannulli, se declararam inocentes no esquema de compras de vagas em universidades dos Estados Unidos, de acordo com o Hollywood Reporter.

Lori Loughlin e Giannulli disseram em documentos judiciais apresentados na segunda-feira (15) que estão renunciando ao seu direito de comparecer ao tribunal para responder às acusações e se declararam inocentes.

Lori Loughlin e Giannulli são acusados de pagar US $ 500 mil em subornos para que suas filhas fossem admitidas na Universidade do Sul da Califórnia como recrutas da tripulação de remadoras, mesmo nunca tendo praticado o esporte.


Eles não quiseram comentar publicamente sobre o processo.

Vários outros pais acusados também se declararam inocentes no escândalo.