Em entrevista ao programa Red Table Talk, com sua mãe Jada Pinkett-Smith, Willow Smith revelou que mantinha o perigoso hábito da automutilação.

Segundo a atriz e cantora, sua saúde mental foi muito prejudicada com o lançamento explosivo de sua música “Whip My Hair”, em 2010.

“Eu parei de frequentar aulas de canto e estava apenas naquela área cinza, questionando quem eu era e qual era meu propósito. Depois da turnê, dos eventos promocionais, todo mundo queria que eu terminasse o álbum, e eu ficava tipo ‘Não vou fazer isso’. Eu estava escutando muitas músicas obscuras. Era tudo muito louco, eu era sugada por esse buraco negro e começava a me cortar”, afirmou Willow.


Jada Pinkett-Smith elogiou a coragem da filha, e ressaltou a importância de um diálogo franco sobre depressão e problema de saúde mental.

Aparentemente, Willow Smith deixou os hábitos auto-destrutivos para trás, e está curtindo a vida como uma adolescente normal.