Segundo informações do site da Variety, Johnny Depp está sendo processado por seus ex-advogados. O motivo? Uma dívida de cerca de 1,5 milhão de reais.

Depp contratou os serviços da firma Buckley LLP em 2017, para processar outro escritório de advocacia: Bloom Hergott LLP, acusada de tomar 30 milhões de dólares do ator sem um combinado por escrito.

Fredrick Levin, Michael Rome e Ali Abugheida trabalharam no caso até janeiro deste ano. Por isso, a firma cobrou 535,697 mil dólares pela representação.


Johnny Depp teria pago 187,717, deixando como dívida 347,979 mil dólares. O valor corresponde a cerca de 1,5 milhão de reais.

O ator não comentou o processo.