A Variety anunciou nesta quarta-feira (12) que o diretor Bryan Singer (Bohemian Rhapsody) vai pagar US$150.000 em um acordo envolvendo um caso de estupro.

O caso envolve Cesar Sanchez-Guzman, que acusa Singer de ter realizados atos sexuais orais e anais contra seu consentimento em uma festa em 2003, quando tinha 17 anos.

O caso foi aberto na justiça americana em dezembro de 2017.


Se os advogados de Sanchez-Guzman aceitarem o acordo, o caso será fechado. Singer ainda alega sua inocência em relação às acusações, afirmando também que não conhecia seu acusador.