Um jovem que acusou Kevin Spacey de tê-lo assediado em um bar em Nantucket, em 2016, abandonou o processo contra o ator. A informação é do Deadline.

Mitchell Garabedian, advogado da suposta vítima, anunciou em um e-mail na última sexta-feira (28), que o processo iniciado em 26 de junho, no tribunal superior de Nantucket, foi voluntariamente abandonado.

O motivo por trás do abandono do processo não foi revelado pelas partes envolvidas.


O cliente de Garabedian, que não foi identificado, é filho do âncora de TV de Boston, Heather Unruh. Ele alegou que Kevin Spacey o embebedou e o assediou sexualmente no restaurante Club Car, onde o homem trabalhava quando tinha 18 anos.

A suposta vítima alega que ele se aproximou do ator para pedir um autógrafo e Spacey teria oferecido a pagar diversas bebidas e, depois disso, tentado apalpar a região genital do então garçom de 18 anos na época.

Kevin Spacey ainda enfrenta uma acusação criminal. Ele alegou ser inocente em janeiro. O julgamento vai acontecer ainda neste ano.