Atualmente um dos homens mais poderosos do mundo, Bob Iger é o CEO (presidente) da Walt Disney Company, maior força do entretenimento mundial. Em uma outra realidade, as coisas seriam ainda mais poderosas.

Em entrevista para a Vanity Fair, Iger falou sobre Steve Jobs, o falecido fundador da Apple, e revelou que – caso o inventor do iPhone estivesse vivo – os dois impérios provavelmente se juntariam.

“Eu acredito que se Steve ainda fosse vivo, nós teríamos combinado nossas empresas, ou ao menos teríamos discutido essa possibilidade muito seriamente”, disse Iger.


“Uma de suas muitas frustrações era a sensação de que às vezes era muito difícil fazer alguma coisa com a Disney”, revela o CEO.

Imaginem um mundo em que iPhones teriam cabeças do Mickey Mouse, e não maçãs, em suas placas.