A briga judicial envolvendo o astro da Marvel, Jeremy Renner, e sua ex-esposa, Sonni Pacheco, ganhou mais um capítulo. Desta vez, o ator de Vingadores está sendo acusado por supostamente ter mordido a própria filha.

O jornal New York Post, teve acesso a arquivos públicos da Corte Superior da California, que mostram o relato de Sonni Pacheco.

“O papai me mordeu. Está tudo bem mamãe. Foi um acidente, eu falei com ele para nunca mais fazer isso”, teria dito Ava, filha de Jeremy Renner, para a mãe.


De acordo com o depoimento de Sonni Pacheco, a mordida ocorreu quando, segundo a garota, Jeremy Renner estava sendo “malvado e gritando com ela”.

O Gavião Arqueiro de Vingadores negou as acusações mais uma vez. Segundo ele, a marca encontrada em Ava surgiu de um acidente com o cinto de segurança do seu carro.

Por meio de seus representantes, Jeremy Renner repudiou as declarações, que classificou como, “categoricamente mentirosas e mais uma invenção assassina feita por ela e seu advogado”.

Essa não é a primeira acusação direcionada à Jeremy Renner. Nas últimas semanas, a ex-mulher do astro da Marvel também o acusou por ter feito supostas ameaças, agressões, uso de drogas na presença da pequena Ava, dentre outros crimes.

Veja o pronunciamento do ator de Vingadores sobre o caso.

Mesmo sem confirmação dos supostos crimes cometidos por Jeremy Renner, rumores apontam que a Marvel já trabalha com a possibilidade de substituí-lo no MCU. O astro deveria estrelar a série do Gavião Arqueiro, que chega ao Disney+ em 2021.