Nos últimos dias, o filho do astro Michael Douglas, Cameron, decidiu abrir o jogo sobre sua trajetória como dependente químico.

Aos 40 anos de idade, Cameron revelou que começou a usar drogas aos 13 e que aos 25, chegava a cheirar cocaína três vezes em apenas uma hora. Hoje, ele se reabilitou e tenta retomar sua carreira como ator.

Em uma novo relatório sobre o assunto, concedido pelo site Radar Online, o rapaz revelou uma medida drástica de seu pai para tira-lo dessa vida.


Segundo Cameron, Michael planejou um sequestro falso para assustar seu filho e, com isso, fazê-lo desistir das drogas.

O plano aconteceu em 2004. Cameron saiu para caminhar e acabou sendo cercado por três homens. Ele revelou que sofreu ameaças, mas reagiu, e os três indivíduos ficaram sem saber o que fazer.

Eles então olharam para o outro lado da rua, em busca de orientações de Michael Douglas, que acabou flagrado pelo filho.

“Fiquei furioso e muito magoado. O fato dele ter sido motivado por suas preocupações não importava para mim. Eu me senti destruído e traído”, disse Cameron.

Atualmente, já recuperado, Cameron, Michael e toda a família vivem tranquilamente e em harmonia.