Mais uma história de Hollywood, que até então era secreta, foi revelada. Elton John, na própria biografia – com o título de Me – recordou quando a Princesa Diana foi a um jantar dele e quase causou uma enorme confusão.

O jantar foi feito, inicialmente, para o chefe da Disney, Jeffrey Katzenberg, já que o músico estava em O Rei Leão. No entanto, Katzenberg insistiu que Diana também fosse convidada.

A presença dela fez com que Sylvester Stallone fosse ao jantar. O objetivo do ator era conhecer Diana e namorá-la. No entanto, Richard Gere também estava lá e foi ele quem chamou atenção da Princesa, já separada de Charles.


“Eles acabaram sentados em frente à lareira juntos, absortos em uma conversa extasiada. Enquanto o resto de nós conversava, não pude deixar de notar uma atmosfera estranha na sala. A julgar pelo tipo de olhar que ele continuava dando a eles, a nova amizade de Diana e Richard Gere não estava indo muito bem com Sylvester Stallone”, escreveu Elton John, em capítulo divulgado pelo Daily Mail.

Antes do jantar, David Furnish, marido do músico, notou algo estranho. Os atores estavam quase brigando no corredor.

“Aconteceu que David flagrou Sylvester Stallone e Richard Gere no corredor, se enfrentando, aparentemente prestes a resolver suas diferenças em relação a Diana em uma briga. Ele conseguiu acalmar as coisas fingindo não ter percebido o que estava acontecendo, ‘Ei, pessoal! Hora do jantar!’, mas Sylvester claramente não estava feliz”, relembrou o famoso.

Ao fim da noite, Sylvester Stallone teria dito que “nunca” teria ido ao jantar se soubesse que Richard Gere estaria lá. O ator de Rambo ainda teria chamado o colega de Hollywood de “príncipe f*** encantado”.

O livro Me tem estreia marcada para 15 de outubro no Reino Unido.