Um dia de comemoração para a atriz Aisling Tucker se tornou um momento de terror para todos os colegas dela. A artista foi presa por assassinar o tio Shane Moore, de 63 anos, no Condado de Jackson, no Oregon (EUA).

O que chama atenção na prisão é que aconteceu um dia depois da atriz de 30 anos terminar as gravações do filme de terror From the Dark. No longa, a acusada é a personagem principal, chamada de Wyn Reed.

Os trabalhos do filme duraram cinco meses. Apesar do trabalho no terror, o longa não tem relação com a morte.


O tio de Tucker foi morto em 2016, com um tiro. A atriz alega que foi por legítima defesa.

A produtora de From the Dark divulgou um comunicado na internet. Os funcionários do filme não sabiam sobre o passado de Tucker.

“Não tínhamos a menor ideia sobre quem ela é ou suas circunstâncias. Por favor, nos perdoe. Estamos fazendo o melhor para que o lançamento do filme aconteça, mas não queremos machucar ninguém no processo”, disse a produtora.

A imprensa norte-americana afirma que a prisão da atriz só aconteceu agora porque a polícia descobriu filmagens no celular de Tucker. Nelas, a acusada é vista cometendo o crime.

A artista foi presa e não tem direito a fiança. O julgamento acontece no próximo mês.