Na dia 28 de novembro, em entrevista dada no Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro fez polêmicas acusações contra ONGs e até contra o astro Leonardo DiCaprio pelos incêndios na Amazônia.

“Uma ONG contratou 70 mil por uma foto de queimadas. Então, o que o pessoal da ONG fez? O que é mais fácil? Tocar fogo, tira foto, filma, a ONG divulga, faz campanha contra o Brasil, entra em contato com Leonardo DiCaprio e ele doa 500 mil dólares para essa ONG.

Uma parte foi para o pessoal que estava tacando fogo. Ô, Leonardo, você está colaborando com a queimada na Amazônia, assim não dá”, declarou o presidente brasileiro.


“Quando eu falei que há suspeitas de ONGs, o que a imprensa faz comigo? Agora, o Leonardo DiCaprio é um cara legal, né? Dando dinheiro para tacar fogo na Amazônia”, completou Bolsonaro em declaração no dia seguinte.

Em seu Instagram, DiCaprio deu uma longa resposta as acusações de Bolsonaro (veja aqui) e agora, ganhou o apoio de um amigo de Hollywood.

Em seu Twitter, Mark Ruffalo (o Hulk da Marvel) saiu em defesa do astro e condenou a atitude do presidente.

“Bolsonaro e sua gangue estão fazendo de bode expiatório exatamente as pessoas que estão protegendo a Amazônia dos incêndios que ele mesmo deixou acontecer. Pergunte a si mesmo: o que mudou recentemente no Brasil para que isso tenha acontecido agora? Bolsonaro e suas políticas (não)ambientais.”

Jair Bolsonaro ainda não se pronunciou sobre estes comentários.