Brad Pitt, aos 55 anos, vive um dos grandes anos da carreira dele. Em 2019, estrelou Era Uma Vez em Hollywood, de Quentin Tarantino, e Ad Astra: Rumo Às Estrelas.

No entanto, também foi alvo de fofocas e dos tabloides por conta do interminável divórcio com Angelina Jolie. Um dos assuntos foi a luta do astro contra o alcoolismo, que teria motivado o fim do casamento.

Para revista Interview, Brad Pitt desabafou sobre o assunto. O astro revelou os sentimentos dele sobre essa fase da vida.


“Bem, eu apenas vejo isso como um desserviço para mim mesmo, como uma fuga”, declarou Brad Pitt.

O famoso ainda comentou que ouviu conselhos de Anthony Hopkins sobre o assunto. O veterano, de 81 anos, não bebe há 45, mas disse não ser “um evangelista sobre sobriedade” – frase que foi concordada por Brad Pitt.

Por conta da luta contra o alcoolismo, o astro refletiu sobre como a sociedade lida com essas questões. O famoso foi bastante crítico.

“Acho que vivemos em uma época em que somos extremamente críticos e rápidos em tratar as pessoas como descartáveis. Sempre colocamos grande importância no erro. Mas o próximo passo, o que você faz após o erro, é o que realmente define uma pessoa”, explicou Brad Pitt.

O astro pode ser visto nas versões para home video de Era Uma Vez em Hollywood e logo mais em Ad Astra: Rumo Às Estrelas, que deve ganhar o DVD e Blu-ray ainda neste mês.