Frank Miller nunca teve medo de inserir política ou seu ponto de vista pessoal sobre o mundo em seus quadrinhos, e não é de se surpreender que em seu último título, O Cavaleiro das Trevas Retorna: A Criança de Ouro, uma participação muito especial tenha acontecido.

A ativista sueca Greta Thunberg, de 16 anos, que ganhou fama e inspirou movimentos na luta contra o aquecimento global e em defesa da natureza, foi eleita a personalidade do ano pela revista Time na última quarta-feira (11).

Voltando a história de Miller, Darkseid e o Coringa estão em campanha para reeleger um governador que se parece exatamente com Donald Trump. Embora ele nunca seja referido como Trump, é claro que Miller pretende que o personagem seja.


Mas como essa é a história da próxima geração assumindo o controle, a nova Batwoman, Carrie Kelley, e Jonathan Kent se unem para acabar com essa missão.

Uma multidão de jovens rodeia o governante de Apokolips, incluindo uma personagem que se parece muito com Thunberg, que é vista apenas uma vez durante a trama.

Como Darkseid diz à máfia jovem que ele vai virar todo mundo um contra o outro, Carrie dramaticamente responde a ele: “Estamos pensando por nós mesmos agora. Cada um de nós. Somos livres. E é por isso que o ‘nós’ vai vencer. É por isso que sempre venceremos.”

O momento da inclusão de Thunberg no livro da DC não poderia ter sido mais apropriado, e você pode ver a imagem dessa aparição abaixo.

O Cavaleiro das Trevas Retorna: A Criança de Ouro já está à venda nas bancas de quadrinhos norte-americanas.