Joaquin Phoenix teve uma semana muito interessante depois de ganhar um Globo de Ouro por Coringa e depois ser preso durante um protesto climático poucos dias depois.

Agora, o Deadline informa que ele já foi libertado após toda a cena, junto com Martin Sheen e outros sob custódia.

Todos eles foram acusados de aglomeração, obstrução ou incomodação e depois liberados. A Polícia de Washington, D.C. revelou que havia 147 pessoas presas.


O discurso

A estrela de Coringa também fez um discurso para todos os manifestantes que se reuniram no Capitólio. Ele falou sobre as coisas que os indivíduos poderiam fazer na luta contra as mudanças climáticas.

Joaquin Phoenix destacou o papel da dieta na questão. As palavras que ele disse naquele momento ecoam algumas das coisas ditas durante seu discurso de aceitação do Globo de Ouro no último fim de semana.

“Obrigado, Jane Fonda, por organizar isso e me convidar e obrigado a todos por estarem aqui”, falou Joaquin Phoenix à multidão.

“Eu não tenho nada preparado, as pessoas falaram de maneira tão inteligente e eloquente, mas algo que eu acho que muitas vezes não é mencionado no movimento ambiental ou na conversa sobre mudança climática é que a indústria de carne e laticínios é a terceira principal causa da mudança climática e acho que às vezes nos perguntamos o que podemos fazer nessa luta contra a mudança climática. E há algo que você pode fazer hoje, agora e amanhã, fazendo uma escolha sobre o que consome. Acho que é algo factível, e às vezes luto muito com o que posso fazer. Há coisas que não podem ser evitadas. Voei de avião até aqui… mas uma coisa que posso fazer é mudar meus hábitos alimentares e, por isso, só quero pedir a todos que se juntem a mim nisso.”

Com Joaquin Phoenix, Coringa está disponível em DVD e Blu-ray.