A estrela Jane Fonda está cumprindo a promessa dela de protestar todas às sextas na capital dos Estados Unidos, Washington, contra as mudanças climáticas. Não apenas isso, está levando grandes nomes a cada semana com ela. 

Nesta sexta, 10, no protesto da organização Fire Drill Fridays, Joaquin Phoenix, que venceu o Globo de Ouro 2020 de Melhor Ator por Coringa, discursou ao lado da estrela. A participação do ator pode ser conferida abaixo. 

Além de Joaquin Phoenix, outros nomes de Hollywood também estiveram presentes. A mídia dos EUA destacou as presenças de Susan Sarandon, Maggie Gyllenhaal, Martin Sheen e Amber Valletta. 


O discurso de Joaquin Phoenix

Joaquin Phoenix, que é vegano, comentou sobre os hábitos alimentares. O ator ligou o comportamento com o meio ambiente. 

“Algo que muitas vezes não é mencionado no movimento ambiental é que a indústria de carnes e laticínios é a terceira principal causa da mudança climática. Há coisas que não posso evitar. Voei de avião até aqui ontem à noite, mas uma coisa que posso fazer é mudar meus hábitos alimentares”, disse o astro. 

O ator citou o transporte de avião por conta do que disse domingo, 5, no Globo de Ouro. Joaquin Phoenix criticou colegas por usarem jatinhos para curtas distâncias. 

O Fire Drill Fridays deve ter uma longa vida se depender de Jane Fonda. A atriz já foi até presa pelo protesto e promete continuar chamando atenção para causa ambiental. 

Joaquin Phoenix é preso

Assim como Jane Fonda, Joaquin Phoenix também cumpriu o que virou um clássico do protesto: o astro de Coringa foi preso. A informação é da jornalista Hannah Jewell, do Washington Post. 

“Joaquin acaba de ser levado pela polícia do Capitólio… é isso gente!”, anunciou a comunicadora. 

Já na próxima semana, o astro deve voltar a ser notícia. Joaquin Phoenix é um dos favoritos ao Oscar 2020 – os indicados serão anunciados na segunda, 13.