Mark Millar, criador dos quadrinhos de Kick-Ass, afirmou em entrevista ao site JoBlo que a heroína Hit-Girl, vivida no cinema por Chloë Grace Moretz, poderia ter ganhado seu filme próprio. De acordo com o escritor, a produção teria sido insana.

“Eu amo a ideia de filmes da Hit-Girl, mas teriam que ter a história certa. Nós tivemos uma ideia louca para isso, mas de vez em quando eu penso, seria muito insano? O mundo aceitaria um filme assim? Porque o filme faria Kick-Ass parecer um Procurando Nemo”, disse Millar.

O quadrinista também revelou que tal produção vinha sendo planejada antes mesmo da franquia Kick-Ass.


“Matthew [Vaughn, diretor/produtor de Kick-Ass] e eu conversamos sobre isso, e o engraçado é que cerca de um ano antes de Kick-Ass e de longas como Jogos Vorazes, a Hit-Girl teria o dela. Mas agora eu sinto que é um ótimo momento para ela, então o filme poderia ser interessante”, concluiu.

Lançado em 2010, o primeiro filme dos aspirantes à heróis rendeu US$ 96 milhões nas bilheterias, enquanto sua continuação faturou apenas US$ 60 milhões em 2013. Os números não foram suficientes para o estúdio produzir a terceira parte da série.