O Festival Internacional de Filmes de Karoly Vary, na República Tcheca, que vai do dia 3 até 11 de julho, é considerado o mais importante da Europa do Leste. Este ano, sete jovens diretores estreantes concorrem ao Globo de Cristal, o prêmio máximo do festival. Entretanto, quem abriu o evento foi um veterano ator, conhecido de cinéfilos de todo o mundo.

O ator estadunidense Richard Gere (Chicago), 65 anos, abriu o festival com o filme Time Out of Mind (ainda sem título em português). Vencedor do Prêmio da Crítica do Festival Internacional de Filmes de Toronto, Canadá, o filme, que tem a direção do israelense Oren Moverman (O Mensageiro), conta a história de um sem-teto com a saúde fragilizada que tenta reestabelecer o relacionamento com sua filha. Além da boa performance de Gere, o filme também destaca a situação dos moradores de rua, tidos muitas vezes pela sociedade como “invisíveis”.

Na entrevista coletiva, Richard Gere – que recebeu um Globo de Cristal pelo conjunto de sua carreira – contou um interessante episódio durante a filmagem:


“Estava na esquina de uma rua com um chapéu na cabeça. Estava um pouco nervoso porque ninguém olhava para mim. Bebi um café e comecei a pedir dinheiro, a perguntar se as pessoas podiam me ajudar. Filmamos durante 45 minutos com uma câmera digital. Durante 45 minutos ninguém olhou para mim e ninguém tentou estabelecer contato visual. Ganhei dois dólares e meio”.

Um dos concorrentes ao Globo de Cristal que mais tem se destacado é o filme alemão Heil (Viva ou Salve, em português) dirigido pelo estreante Dietrich Brüggemann. O filme é uma sátira, com influência do grupo cômico inglês Monty Python, sobre o fascismo, a polícia e os governos e é mais uma boa amostra da safra de filmes alemães deste ano como, por exemplo, Die Lügen der Sieger (saiba mais sobre o filme).
O diretor Dietrich Brüggemann conta como surgiu a idéia do filme:

“Houve um escândalo em 2011 na Alemanha. Três neonazistas assassinaram uma série de pessoas nos anos 90, com ataques à bomba nalguns casos. As autoridades nunca conseguiram descobrir os autores dos crimes. O escândalo estourou em 2011 e houve um enorme debate. As pessoas diziam que a situação era absurda e grotesca, como uma sátira e que era preciso fazer um filme sobre o caso”.

Time Out of Mind tem previsão de estreia no Brasil para o final do ano, em data ainda a ser definida. Já Heil ainda não tem previsão de estreia em nosso país.

Trailer de Time Out of Mind:

Trailer de Heil: