Em função dos números decepcionantes de Quarteto Fantástico nas bilheterias, a Fox retirou o filme de 1.500 salas de cinema dos EUA, apenas 17 dias após sua estreia.

No último fim de semana, o reboot da franquia faturou só US$ 3,6 milhões e foi o estopim para o estúdio tirá-lo de circulação. Até agora, o longa tem US$ 130 milhões pelo mundo (US$ 50 milhões nos EUA e US$ 80 milhões no mercado internacional), o que nem chega perto do seu custo de US$ 220 milhões.

Artes mostram Planeta Zero e castelo do Doutor Destino


Segundo o diretor Josh Trank, o estúdio Fox é o culpado pela recepção negativa ao novo Quarteto Fantásticoleia aqui. Ele sugeriu no Twitter que não teria sido responsável pela versão final do filme.

Cena cortada mostraria o Coisa contra rebeldes chechenos

No reboot, quatro jovens desajustados são teleportados para um universo alternativo e perigoso, o qual altera sua forma física em maneiras inesperadas. Suas vidas sofrem uma mudança sem volta e o time precisa aprender a aproveitar suas novas habilidades e trabalhar juntos para salvar o planeta de seu antigo amigo que se tornou inimigo.

Leia a nossa crítica de Quarteto Fantástico

Formam o elenco: Jamie Bell como Ben Grimm/Coisa, Kate Mara como Susan Storm/Mulher Invisível, Michael B. Jordan como Johnny Storm/Tocha Humana, Miles Teller como Reed Richards/Senhor Fantástico e Toby Kebbell como o vilão Victor Domashev/Doutor Destino.

Tudo sobre: Quarteto Fantástico