Elizabeth Olsen, a Feiticeira Escarlate nos filmes da Marvel, por enquanto não quer saber de um filme solo da heroína.

“Eu não tenho certeza, sinceramente”, disse a atriz ao ser questionada pelo Business Insider sobre estrelar um filme próprio da Feiticeira. “Eu amo minha personagem, só não sei como um filme dela se encaixaria no Universo que a Marvel está construindo, ou até mesmo se isso seria necessário”, acrescentou.

“O legal da Marvel é que eles produzem muitas coisas ao mesmo tempo e têm planos bem específicos. Eu já sei quando vou voltar para os filmes deles [depois de Capitão América 3]. E eu tenho muito tempo até lá. Então, estou à procura de outros projetos legais como o que eu acabei de fazer, I Saw The Light”, concluiu.


Elizabeth Olsen define sua Feiticeira Escarlate como “poderosa”, mas “com muito mais poder do que é capaz de controlar, e ela acaba ficando louca por causa disso. Ela é meio ‘selvagem’, você nunca sabe se ela é mocinha ou vilã, e isso é muito divertido”, acrescentou.

E a atriz revela que Feiticeira Escarlate continuará seu lado “imprevisível” em Capitão América 3: Guerra Civil.

“Ela está OK, indo bem”, disse em entrevista à MTV. “Mas ela é confusa, vive em conflito. Ela encontrou pessoas com quem acha que pode se conectar, mas ela não aparece nas imagens dos times do Capitão América e Homem de Ferro. Ela sempre é imprevisível, e eu gosto disso nela”, completou.

Olsen ainda comentou a escala da produção: “Eu estive lá por apenas cinco semanas, mas todos nós ficamos maravilhados [com o filme]… Mesmo sabendo que os robôs Ultron eram de certa forma humanos por causa de suas mentes, nós estamos lidando com humanos de verdade agora. Não existe nada mais assustador que saber que você pode ser perigoso. Então acredito que esse filme é bem mais sombrio e divertido. Foi bem complicado de se rodar, mas acho que será um filme interessante. Estou empolgada para ver como eles irão terminar o filme”, falou.

Apesar de lidar com a perda do irmão Mercúrio – morto em Vingadores: Era de Ultron – a heroína tentará melhorar sua personalidade e ganhará uma espécie de upgrade em Capitão América 3.

“Não é uma técnica nova, digamos assim. Mas estamos tentando melhorar o movimento dela. Jenny (treinadora) e eu estamos muito orgulhosas por tentar fazer uma grande transformação nela e nas suas habilidades”, concluiu.

O primeiro trailer de Capitão América 3: Guerra Civil foi exibido na convenção D23, realizada mês passado; e enquanto a maioria dos fãs ainda não tiveram oportunidade de assistí-lo, já que ele não foi liberado na internet, um segundo trailer do filme está prestes a sair – saiba quando.

Confira as oito maiores lutas do filme

Capitão América 3 será lançado em 14 de abril de 2016, inaugurando a Fase 3 da Marvel.

10 coisas que você precisa saber sobre Guerra Civil

O filme começa onde Vingadores: Era de Ultron parou, com Steve Rogers liderando a nova equipe dos Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Depois que outro incidente internacional envolvendo os Vingadores causa danos colaterais, o aumento da pressão política resulta na instalação de um sistema de responsabilidade e um conselho governamental para determinar quando solicitar os serviços da equipe. O novo status quo fragmenta a equipe enquanto eles tentam proteger o mundo de um novo e nefasto vilão.

Guerra Civil não terá Ato de Registro de super-heróis, diz site

O elenco traz Chris Evans como Capitão AméricaRobert Downey Jr como Homem de Ferro, Tom Holland como Homem-Aranha, Frank Grillo como o vilão Ossos Cruzados, Chadwick Boseman como Pantera Negra, Scarlett Johansson como Viúva Negra, Sebastian Stan como Soldado Invernal, Anthony Mackie como Falcão, Jeremy Renner como Gavião Arqueiro, Elizabeth Olsen como Feiticeira EscarlateDaniel Brühl como Barão ZemoEmily VanCamp como Agente 13, Don Cheadle como Jim Rhodes/Máquina de Combate, Paul Bettany como Visão, Paul Rudd como Homem-Formiga, William Hurt como General Ross e Martin Freeman.

Artes revelam as equipes de Capitão América e Homem de Ferro

Tudo sobre: Capitão América – Guerra Civil