Ovacionado pelo público em sua chegada ao Festival de Veneza, Johnny Depp também teve sua atuação em Aliança do Crime (Black Mass) muito elogiada pelos críticos. O filme foi exibido no circuito fora de competição nesta sexta-feira (4).

Fazendo piadinhas do tipo “essa garrafa de água é sem álcool”, o ator esbanjou simpatia e descontração durante coletiva para falar sobre o longa que traz ele irreconhecível e assustador como o gângster Whitey Bulger, numa atuação fortemente cotada para o Oscae 2016.

Segundo a Variety, “Depp nunca esteve tão bem em um filme desde Donnie Brasco”. E para o Hollywood Reporter, “o ator assume o controle do filme desde o início”. Mas alguns críticos apontaram a sua maquiagem “exagerada”, que deixaram o ator envelhecido, careca e com olhos azuis.


No festival, Johnny Depp reconheceu que seus papeis excêntricos ao longo dos anos podem acabaram enjoando o público. “Um ator tem a responsabilidade de mudar, surpreender, de não entediar o público e nem fazer sempre as mesmas coisas. É o que eu tento fazer: buscar desafios o tempo todo”, reforçou.

Veja o ator e o elenco do filme promovendo Aliança do Crime em Veneza:

Johnny Depp encarna gângster assustador no trailer legendado

Aliança do Crime leva para as telas a história real de Whitey Bulger (Depp), famoso no crime organizado, preso em 2011 e condenado por assassinato, extorsão, roubo, entre outros delitos nada leves. Bulger está hoje com 85 anos e cumpre prisão perpétua em uma penitenciária no estado da Flórida.

Kevin Bacon e Benedict Cumberbatch completam o elenco. A direção é de Scott Cooper (Coração Louco).

O longa com Johnny Depp será lançado na 72ª edição do Festival de Veneza e exibido fora de competição, no dia 4 de setembro, antes de sua estreia oficial nos cinemas americanos, em 18 de setembro.

No Brasil, Aliança do Crime chega em 12 de novembro.