Guilhermo Del Toro (Círculo de Fogo) mostrou em seu Twitter alguns dos efeitos práticos de A Colina Escarlate, seu recém-lançado filme de terror.

O diretor revelou que os fantasmas do filme na verdade foram interpretados por atores de verdade, totalmente maquiados, apenas “reforçados por alguns efeitos visuais e não o contrário”. Acompanhe as incríveis transformações abaixo.


Segundo o Hollywood Reporter, a China pode banir A Colina Escarlate por conta de um requisito dos censores chineses que proíbe filmes que “promovem cultos ou superstições”. E a história sobre uma jovem noiva (Mia Wasikowska) que pode comungar com os mortos e ver fantasmas parece violar as diretrizes do órgão de censura da China.

Com a modesta abertura de A Colina Escarlate nos EUA (US$ 13,1 milhões), o estúdio espera recuperar parte da bilheteria com a exibição na China, onde o último filme de Guilhermo Del Toro, Círculo de Fogo, fez US$ 113 milhões.

No terror de época, apaixonada pelo misterioso Sir Thomas Sharpe (Tom Hiddleston), a escritora Edith Cushing (Mia Wasikowska) muda-se para sua sombria mansão no alto de uma colina. Habitada também por sua fria cunhada Lucille Sharpe (Jessica Chastain), a casa tem uma história macabra e a forte presença de seres de outro mundo não demora a abalar a sanidade de Edith. Charlie Hunnam (Círculo de Fogo) também está no elenco.

Leia a crítica do filme

A Colina Escarlate estreou no Brasil em 15 de outubro.