Jeremy Renner, o Gavião Arqueiro na franquia Vingadores, reacendeu a polêmica sobre a diferença de salários entre homens e mulheres em Hollywood.

Após a publicação do artigo escrito por Jennifer Lawrence sobre a desigualdade de gêneros na indústria do cinema, Bradley Cooper defendeu a colega de elenco – Cooper, Lawrence e Renner trabalharam juntos no filme Trapaça – e disse que passará a negociar salários com o elenco todo reunido, para evitar esse tipo de desigualdade.

Por sua vez, Jeremy Renner disse que “não é seu trabalho” negociar salários iguais.


“Eu não conheço detalhes sobre contratos, salários e todo esse tipo de coisa. Eu sou um ator e o que conheço é comportamento humano. Quanto se trata desses outros assuntos, eu deixo outras pessoas lidarem com isso”, opinou o ator.

Segundo Jennifer Lawrence, “Quando a Sony foi hackeada e eu descobri o quão menos eu ganhava em relação às sortudas pessoas com paus, eu não fiquei zangada com a Sony. Eu fiquei com raiva de mim mesmo. Eu falhei como um negociador porque eu desisti cedo. Eu não queria continuar lutando por milhões de dólares que, francamente, devido a duas franquias [Jogos Vorazes e X-Men], eu não precisava lutar”, disse a atriz.

“Eu estaria mentindo se eu disesse que o fato de eu querer ser gostada não influenciou na minha decisão de fechar o contrato sem um boa luta”, continuou. “Eu não queria ser vista como ‘difícil’ ou ‘mimada’. Mas eu estou cansada de procurar um jeito de dizer minha opinião de maneira ‘adorável’ e ainda ser simpática. Fod*-se isso!”, desabafou na carta aberta.

No ano passado, Robert Downey Jr fez US$ 80 milhões, se tornando o ator mais bem pago do mundo pelo terceiro ano consecutivo, enquanto a atriz mais bem paga, Jennifer Lawrence, ganhou US$ 28 milhões a menos que Downey Jr. no mesmo período e pela mesma quantidade de filmes.