A continuação de O Exterminador do Futuro: Gênesis não tem mais data para acontecer. De acordo com o Hollywood Reporter, o estúdio adiou por tempo indeterminado o segundo filme da planejada nova trilogia.

O novo Exterminador do Futuro já ultrapassou os US$ 350 milhões no mercado internacional, valor quase quatro vezes superior ao seu faturamento doméstico de US$ 89 milhões – e grande parte desse montante foi impulsionado pelo seu lançamento no Oriente.

Na bilheterial total, O Exterminador do Futuro: Gênesis chega aos US$ 440 milhões, valor que supera as bilheterias de hits como Homem-Formiga (US$ 401,4 milhões) e Mad Max: Estrada da Fúria (US$ 374,7 milhões).


Isso poderia ser o suficiente para garantir uma continuação. Conforme noticiamos, o fraco desempenho de O Exterminador do Futuro: Gênesis nas bilheterias ameaçava os planos de uma nova trilogia, mas a arrecadação na China – lá, o filme teve a quarta melhor estreia da história do país para um longa hollywoodiano – pode salvar a franquia.

Schwarzenegger recria cena de Exterminador do Futuro em comercial

A continuação de O Exterminador do Futuro: Gênesis tinha lançamento previsto para 2017, com o terceiro filme chegando aos cinemas em 2018. Já para a série de TV, que teria conexão com o novo filme da saga, se planejava uma primeira temporada com 13 episódios. Ainda não há informação se os planos do estúdio continuam de pé.

Leia a nossa crítica do filme

Neste recomeço da franquia, a jovem Sarah Connor (Emilia Clarke) e Kyle Reese (Jai Courtney) devem impedir uma nova versão do Exterminador de trazer uma guerra ao futuro. Enquanto isso, Sarah é protegido pelo Exterminador original, interpretado por Arnold Schwarzenegger.

Dirigido por Alan Taylor (Game of Thrones, Thor: O Mundo Sombrio), O Exterminador do Futuro: Gênesis estreou no Brasil no dia 2 de julho.