Lawrence Kasdan, roteirista de Star Wars: Episódio V – O Império Contra-Ataca, Star Wars: Episódio VI – O Retorno de Jedi (1983) e do vindouro Star Wars: O Despertar da Força, pretende se aposentar da franquia. Em entrevista ao site alemão Bild, Kasdan disse que o filme de origem de Han Solo será seu último na saga.

“Já escrevi quatro filmes de Star Wars. Isso é mais do que suficiente”, declarou o roteirista, revelando que já pensava em parar de assinar filmes da série após O Despertar da Força, mas foi convencido pelo filho Jon Kasdan a escrever o derivado sobre Han Solo.

Segundo a produtora Kathleen Kennedy, o longa introduzirá uma versão bem jovem do mercenário vivido por Harrison Ford nos cinemas.


“Ele definitivamente estará no auge da adolescência, no início dos 20 anos. Mas não vamos apresentar a vocês um Han Solo de 10 anos de idade”.

A produção também deve ter humor, “algo que já dá para imaginar, por conta de quem contratamos para dirigir o filme”. O spin-off será dirigido por Christopher Miller e Phil Lord, dupla responsável pelas franquias Uma Aventura LEGO e Anjos da Lei.

Escrito por Lawrence Kasdan (de Star Wars: O Império Contra-Ataca e do vindouro Star Wars: O Despertar da Força), o longa-metragem deve mostrar como Han Solo se tornou um contrabandista. Em comunicado oficial, os diretores prometeram entregar uma “nova experiência” ao público e serem fiéis ao personagem.

Antes do filme de Han Solo, chegará aos cinemas o primeiro derivado da franquia, Star Wars: Rogue One, definido como um filme de assalto envolvendo a Estrela da Morte. Dirigido por Gareth Edwards (Godzilla), o título estreia em dezembro de 2016. Filmes sobre Boba FettObi-Wan Kenobi e Yoda também estariam nos planos da Disney – leia mais.

Já em 17 de dezembro deste ano, será lançado o sétimo capítulo oficial da saga, Star Wars: O Despertar da Força.