Em entrevista ao Entertainment Weekly, Robert Downey Jr defendeu a visão de Tony Stark/Homem de Ferro em Capitão América: Guerra Civil. O ator, assim como seu personagem, também concorda que os heróis devem ser controlados pelo governo.

“[O Registro de Heróis] Não me incomoda de forma alguma. Eu sempre pensei que, de alguma maneira, Tony é o antagonista de sua própria história. Esse cara entende de problemas porque ele é um problema. E ele tende a criar problemas. Mas eu sinceramente concordo com a posição dele [sobre a Guerra Civil] no filme”.

O Capitão América e o Homem de Ferro podem fazer participações no novo filme solo do Homem-Aranha. Robert Downey Jr teria deixado escapar essa informação durante sua aparição no Jimmy Kimmel Live, onde ele e Chris Evans foram divulgar o primeiro trailer de Capitão América 3leia mais.


O Marvel Studios anunciou que o primeiro trailer de Capitão América 3: Guerra Civil, lançado na última semana, foi visto 61 milhões de vezes em suas primeiras 24 horas!

Com isso, se bateu o recorde de trailer de filme de super-herói mais visto de todos os tempos, alcançado quase o dobro de visualizações dos recordistas anteriores, Vingadores: Era de Ultron, cujo trailer foi assistido 34 milhões de vezes em 2014, e Batman Vs Superman (30 milhões).

As diferenças entre Capitão América e Homem de Ferro

Recentemente, os diretores de Capitão América 3 também falaram sobre as consequências da Guerra Civil para os heróis (leia aqui) e confirmaram a mudança da Lei de Registro de Super-Humanos em relação aos quadrinhos, que será chamada de Acordos de Sokovia no filme (entenda aqui), além de comentarem a relação entre Bucky Barnes – que muitos especulam ser o estopim da Guerra Civil – e Steve Rogers.

“O tema do filme é traição”, afirma diretor

Confira todos os segredos do trailer do filme

Veja mais de 60 imagens do primeiro trailer!

Capitão América: Guerra Civil chegará aos cinemas brasileiros em 14 de abril de 2016, inaugurando a Fase 3 da Marvel.

O filme começa onde Vingadores: Era de Ultron parou, com Steve Rogers liderando a nova equipe dos Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Depois que outro incidente internacional envolvendo os Vingadores causa danos colaterais, o aumento da pressão política resulta na instalação de um sistema de responsabilidade e um conselho governamental para determinar quando solicitar os serviços da equipe.

Quando o governo então cria um órgão para supervisionar os Vingadores, o super time de heróis se divide em dois. Um liderado por Steve Rogers e seu desejo em manter os Vingadores livres para defender a humanidade sem interferência do governo, e o outro que segue a surpreendente decisão de Tony Stark em apoiar o governo na fiscalização de seus atos. Enquanto a equipe está fragmentada, surge um novo e nefasto vilão.

O elenco traz Chris Evans como Capitão América, Robert Downey Jr como Homem de Ferro, Tom Holland como Homem-Aranha, Frank Grillo como o vilão Ossos Cruzados, Chadwick Boseman como Pantera Negra, Scarlett Johansson como Viúva Negra, Sebastian Stan como Soldado Invernal, Anthony Mackie como Falcão, Jeremy Renner como Gavião Arqueiro, Elizabeth Olsen como Feiticeira Escarlate, Daniel Brühl como Barão Zemo, Emily VanCamp como Agente 13, Don Cheadle como Jim Rhodes/Máquina de Combate, Paul Bettany como Visão, Paul Rudd como Homem-Formiga, William Hurt como General Ross e Martin Freeman.

Confira as oito maiores lutas do filme

10 coisas que você precisa saber sobre Guerra Civil

A direção ficou a cargo ds irmãos Joe e Anthony Russo, de Capitão América: Soldado Invernal e que vão assumir Os Vingadores 3.