Anthony Russo comparou Capitão América: Guerra Civil com Vingadores: Guerra Infinita, o terceiro filme da saga, durante participação na Comic Con Experience – ele e o irmão Joe Russo comandam as duas superproduções para a Marvel.

“O tom que adotamos em Soldado Invernal e Guerra Civil era bem especifico para o Capitão América. Nós adoramos o fato de que o Capitão é um homem ‘normal’, apenas com algumas habilidades a mais. Ele não carrega todos aqueles elementos de fantasia que outros personagens possuem”, falou, partindo para Vingadores 3 em seguida.

“Agora que vamos trabalhar em um filme dos Vingadores depois de Guerra Civil, é necessário apresentar algo diferente. Vamos seguir numa direção diferente. Mas ainda é um pouco cedo para falar sobre isso, porque nós temos essa regra de ‘um filme por vez’. Ainda tem muita coisa para fazer antes de Guerra Infinita”, concluiu.


No mesmo evento, o diretor falou sobre a dificuldade que ele terá de juntar os Vingadores com os Defensores (heróis das séries da Marvel/Netflix) no cinema – leia aqui.

Vingadores: Guerra Infinita é o próximo filme da franquia e será dividido em duas partes. Vingadores 3 e Vingadores 4 podem custar US$ 1 bilhão para a Disney e Marvel, segundo o Bleeding Cool.

Vingadores: Guerra Infinita – Parte 1 tem estreia marcada para 4 de maio de 2018. A conclusão da história, Vingadores: Guerra Infinita – Parte 2, chega aos cinemas um ano depois, em 3 de maio de 2019.