Angelina Jolie revelou em entrevista ao Daily Express que À Beira Mar quase foi responsável por terminar seu casamento com Brad Pitt. No filme, lançado no fim do ano passado, os dois vivem um casal que passam por uma crise na relação.

“A primeira semana foi a mais difícil, ele sabia que eu estava preocupada e com pouca paciência. Você não quer envolver questões pessoais durante o trabalho, mas precisávamos conversar e aceitamos que o melhor a fazer era sermos completamente honestos um com o outro”, contou Jolie.

“Sabíamos que se sobrevivêssemos a essa filmagem, seríamos mais fortes e felizes”, continuou, acrescentando que não pretende voltar a atuar ao lado do marido. “E foi o que aconteceu. Sempre gostamos de nos colocar em meio a desafios, mesmo que fosse mais perigoso para a gente como casal. Acho que não vamos passar por isso outra vez”.


Anteriormente, Brad Pitt já havia dito que Angelina Jolie foi muito controladora durante filmagens – leia aqui.

Crítica | Filme mostra Jolie e Pitt como você nunca viu

Situada na França, durante meados dos anos 1970, a trama traz Angelina Jolie como a ex-dançarina Vanessa e Pitt como seu marido, Roland, um escritor americano. Conforme viajam pelo país juntos, eles parecem estar se distanciando, mas quando param em uma tranquila cidade costeira, começam a se aproximar de seus mais vibrantes habitantes.

Escrito e dirigido por Jolie, o longa com roteiro original foi rodado na segunda maior ilha de Malta. Angelina definiu seu filme de baixo orçamento como “experimental e independente”.