Deadpool, que chegará nos próximos dias à marca de US$ 500 milhões, não engordará apenas os cofres do estúdio. Seu protagonista, Ryan Reynolds, também se beneficiará com o sucesso do filme na continuação.

Segundo o Hollywood Reporter, Reynolds está se preparando para renegociar seu contrato com a Fox para Deadpool 2 e espera receber um “grande” aumento no cachê. O ator, que também serviu como produtor do longa original, ganhou US$ 2 milhões para estrelar Deadpool, fora a participação na bilheteria, que pode chegar a US$ 10 milhões se o filme alcançar a marca de US$ 800 milhões nas bilheterias.

Ryan Reynolds ainda deve “lutar” por aumento para o diretor Tim Miller, já confirmado na sequência. O estúdio pagou US$ 250 mil para Miller, que fez sua estreia na direção com Deadpool, e ele já tem salário garantido de US$ 500 mil para dirigir seu próximo filme na Fox.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Crítica | Deadpool

Deadpool chegou aos cinemas brasileiros em 11 de fevereiro. A continuação ainda não tem estreia marcada.

20 fatos sobre Deadpool que você precisa saber

No longa-metragem, Ryan Reynolds volta ao papel do anti-herói, já vivido por ele em X-Men Origens: Wolverine. A brasileira Morena Baccarin (Copycat), T.J. Miller (Fuinha), Gina Carano (Angel Dust), Brianna Hildebrand (Negasonic Teenage Warhead), Ed Skrein (Ajax) e Andre Tricoteux (Colossus) completam o elenco.

Atriz brasileira fala sobre cenas de sexo com Reynolds no filme

O roteiro foi escrito por Rhett Reese e Paul Wernick, dupla de Zumbilândia. A direção ficou a cargo de Tim Miller.

Confira algumas das piadas cortadas por serem “sujas” demais