A Warner Bros. promoveu uma reestruturação no comando do universo cinematográfico da DC após o desempenho abaixo do esperado de Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

Segundo o Hollywood Reporter, o quadrinista Geoff Johns e o vice-presidente da Warner, Jon Berg, vão dividir o comando dessa divisão, agora chamada de DC Films. A dupla assumirá função similar a de Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios.

Berg já tem experiência acumulada com filmes da DC, tendo trabalhado em Batman vs Superman e nos vindouros Esquadrão Suicida, Mulher-Maravilha e Liga da Justiça, além de ter feito parceria com Affleck em Argo e Live by Night, recém-finalizado trabalho de Affleck como diretor.


Por sua vez, Geoff Johns, recentemente transformado em produtor graças a séries como Arrow, The Flash e Supergirl, no momento trabalha com Ben Affleck no roteiro do próximo filme solo do Batman.

Ainda de acordo com o HR, a intenção da Warner com a contratação dos executivos é “unificar” mais os distintos elementos dos filmes da DC na tentativa de emular o sucesso dos longas da concorrente Marvel. Apesar disso, o esúdio ainda pretende que as adaptações da DC mantenham as visões de seus respectivos diretores.

Tal estratégia, no entanto, faz Zack Snyder perder o controle criativo que detinha sobre o universo da DC – algo que já tinha sido previsto com o anúncio de Ben Affleck na produção executiva de Liga da Justiça.

Além de reprisar o papel de Batman, Affleck ajudará o roteirista Chris Terrio e o diretor Zack Snyder a reescrever partes do longa, além de participar da pós-produção. Com o acúmulo dessas funções, pode-se dizer que Ben Affleck está ganhando um papel de destaque no universo cinematográfico em crescimento da DC. De acordo com a Forbes, ele é definido como uma das “vozes criativas” mais importantes da Warner Bros. no momento.

O ator, inclusive, terá um poder ainda maior no próximo filme solo do Batman, já que recebeu controle criativo total do estúdio para o projeto.

Conheça os filmes da DC que vão suceder Batman vs Superman