O prêmio mais geek da terra do cinema, o Saturn Awards, aconteceu ontem (22) em Los Angeles. Na cerimônia, o destaque foi Star Wars: O Despertar da Força, que levou oito troféus para casa, incluindo Melhor Ficção Científica, Melhor Ator (Harrison Ford) e Melhor Ator Coadjuvante (Adam Driver).

Star Wars | Spielberg conta como convenceu J.J. Abrams a dirigir O Despertar da Força

O terror A Colina Escarlate levou três prêmios, como Melhor Terror, Melhor Atriz Coadjuvante (Jessica Chastain) e Melhor Design de Produção. No campo da televisão, uma boa noite para The Walking Dead, que ganhou Melhor Série de Terror, Melhor Atriz Coadjuvante em TV (Danai Gurira) e Melhor Jovem Ator (Chandler Riggs).


The Walking Dead será “bem diferente” na sétima temporada, diz produtor

Hannibal venceu dois troféus (Melhor Série de Ação, Melhor Ator Coadjuvante para Richard Armitage), e até a alternativa Continuum foi honrada com o prêmio de Melhor Série de Ficção Científica.

Entre as homenagens especiais, o Saturn Awards resolveu se focar no aniversário de 50 anos da franquia Star Trek. Brannon Braga, produtor e escritor da franquia desde o seu início, recebeu um troféu honorário, assim como a atriz Nichelle Nichols, a Tentente Uhura original, que apareceu visivelmente emocionada aos 83 anos.

Star Trek | Veja primeira imagem da Enterprise da nova série de TV

O prêmio de melhor discurso da noite precisa ir para Bruce Campbell, no entanto. O ator, que venceu Melhor Ator em TV por sua série Ash vs. Evil Dead, resumiu o espírito da noite:

“Todos os filmes da lista-A de Hollywood são filmes B agora. Se você se veste como um Morcego e voa pela cidade, você é protagonista de um filme B. Se você é mordido por uma aranha radioativa, seu filme não é só um filme B, é um filme trash da década de 50. Então obrigado aos filmes B por ensinarem aos filmes da lista-A como se faz para se divertir”, discursou.