O diretor Mike Birbiglia, que lançou há poucas semanas a elogiada comédia independente Don’t Think Twice, usou o Twitter para criticar a classificação indicativa dada à Esquadrão Suicida em contraste a dada ao seu próprio filme.

Esquadrão Suicida tem mortes por metralhadora e bombas, e ganhou uma classificação PG-13 [para maiores de 13 anos]. Don’t Think Twice ganhou uma classificação R [maiores de 16] porque tem adultos fumando maconha. Confuso?”, escreveu o diretor.


O diretor Judd Apatow, de Ligeiramente Grávidos, apoiou o protesto do diretor. “Os estúdios são donos do órgão que cria as classificações. Violência vende, então eles fazem com que a maconha e o sexo sejam as coisas assustadoras. Assim eles parecem bonzinhos”, respondeu.

As 10 HQs indispensáveis para entender o Coringa

Jared Leto diz que não acredita em Deus e quase “foi longe demais” como Coringa

Apesar das críticas negativas, Esquadrão Suicida bateu recorde de pré-venda nos EUA e estima-se que tenha uma abertura em torno dos US$ 140 milhões. Previsões iniciais de bilheteria apontaram uma arrecadação entre US$ 115 e US$ 120 milhões no primeiro fim de semana.

Leia a nossa crítica de Esquadrão Suicida

Esquadrão Suicida teve duas versões editadas pelo estúdio, diz site

Esquadrão Suicida chega aos cinemas brasileiros em 4 de agosto.

Esquadrão Suicida pode faturar mais de US$ 120 milhões em abertura nos EUA

Esquadrão Suicida e mais 10 filmes que podem salvar o fraco verão americano