Emily Blunt conversou com a Entertainment Weekly sobre a responsabilidade de assumir um papel icônico na continuação Mary Poppins Returns – e sobre as diferenças entre sua versão e a interpretada por Julie Andrews no original.

“Estamos mergulhando nos livros um pouco mais, então é uma versão um pouco diferente. Eu vou dizer uma coisa para você: a minha Mary Poppins é um pouco mais malvada”, comentou. “É o personagem que eu mais hesitei em assumir, porque é tão icônico para a infância de tanta gente. É um personagem tão importante”.

“Rob [Marshall, o diretor] encontrou com Julie Andrews outro dia e contou a ela em segredo que eu iria interpretar Mary Poppins. Ele me disse que ela gostou da escolha – ‘maravilhoso’, foi a palavra que ela usou -, mas não sei se é verdade ou se foi só pra me acalmar”, riu ainda.


Astro do original não vê continuação com bons olhos

Emily Blunt será a nova Mary Poppins e Lin-Manuel Miranda, a sensação da Broadway com o seu musical Hamilton, fará o papel de Jack, um parceiro de Poppins que reencontra com ela as crianças do filme original, agora adultas. Poppins aparece quando as filhas do agora crescido Michael Banks (Ben Whishaw, da franquia 007) passam por uma “perda pessoal”, e resolve ajuda novamente a família. Meryl Streep completa o elenco como Topsy, a prima de Mary Poppins.

Mary Poppins Returns será dirigida por Rob Marshall, que vai se reunir com Blunt e Streep após Caminhos da Floresta. David Magee (As Aventuras de Pi) escreveu o roteiro, que conta com novas canções da dupla Marc Shaiman e Scott Whitman (Hairspray).

O lançamento de Mary Poppins Returns está marcado para 25 de dezembro de 2017.

Meryl Streep se junta ao elenco da continuação

O filme original, lançado em 1964 e estrelado pela lendária Julie Andrews (que venceu o Oscar pelo papel), acabou se tornando um dos maiores clássicos da Disney. Os bastidores da produção foram contados em Walt nos Bastidores de Mary Poppins (2013), com Tom Hanks e Emma Thompson.