A jornalista Virginia Vallejo García, ex-amante de Pablo Escobar, contou em entrevista à GQ que não gosta da interpretação do ator brasileiro Wagner Moura em Narcos, trama produzida pelo Netflix.

“Esse ator brasileiro é um desastre. As pessoas nem querem ver o segundo episódio da série porque é uma coisa ridícula ele falando portunhol. Isso não tem nada a ver com o Pablo”, disse.

Virginia reclamou sobre como a produção da série mudou os acontecimentos reais e como desgosta da personagem Valeria Velez, que é abertamente inspirada nela.


“Inventaram todas essas canalhices sobre a minha vida. A minha relação com Pablo Escobar acabou em 1987 e durante toda a era do narcoterrorismo eu vivia na Alemanha. Portanto não tinha nada a ver com Pablo Escobar nem com nada desse mundo. Fui uma estrela e uma menina da alta sociedade”, comentou.

Todos os episódios da segunda temporada de Narcos estão disponíveis na Netflix desde o dia 2 de setembro.

“Nós amamos Pablo e queremos que fiquem de luto por ele”, diz produtor

Wagner Moura brilha em segunda temporada cheia de ação e cenas chocantes

Indicada ao Globo de Ouro de melhor série dramática e melhor ator (para Wagner Moura), Narcos conta a história real dos esforços dos Estados Unidos e Colômbia para combater o temido traficante Pablo Escobar (Moura) e o cartel de Medellín, uma das organizações criminosas mais ricas e impiedosas da história.

“A segunda temporada será a última para mim”, confirma Wagner Moura

Produtores falam sobre futuro da série sem Pablo Escobar

Criada por José Padilha, a série é produzida por Eric Newman (Children of Men), Chris Brancato (Hannibal), Doug Miro e Carlos Bernard (O Aprendiz de Feiticeiro).