Bill Murray é conhecido por não aceitar qualquer projeto no cinema. O ator escolhe os seus filmes praticamente a dedo. Algumas vezes, porém, seu desdém com algumas coisas o fazem perder certas oportunidades. Foi isso que aconteceu no caso do remake do filme alemão Toni Erdmann.

Em entrevista à CNBC, Murray revelou que Kristen Wiig tentou lhe mostrar o projeto do remake, mas devido a sua própria negligência, seu perdeu a chance de fazer o filme. O papel acabou ficando com Jack Nicholson.

“Kristen Wiig, que eu acho maravilhosa, me mandou algo e disse: ‘você daria uma olhada nisso?’ E eu não sou muito organizado, por um tempo eu perdi, depois encontrei, mas eu não dediquei um tempo a assistir a essa coisa que ela queria que eu assistisse. E então ela disse: ‘bem, Jack Nicholson assumiu o cargo’, ele explicou.


No filme original, Winfried (Peter Simonischek) é um senhor que gosta de levar a vida com bom humor, fazendo brincadeiras que proporcionem o riso nas pessoas. Seu jeito extrovertido fez com que se afastasse de sua filha, Ines, sempre séria e extremamente dedicada ao trabalho. Percebendo o afastameto, Winfried decide visitar a filha na cidade em que ela mora, Budapeste.