Tempos atrás, em 2015, a Bleeding Cool estimou que Vingadores: Guerra Infinita e seu sucessor custariam algo em torno de US$ 1 bilhão (R$ 3.105 bilhões). Muito se especulou desde então, mas o fato é que o site esteve muito certo este tempo todo.

Recentemente, Dan Cathy, CEO dos estúdios Pinewood Atlanta, referiu-se as próximos Vingadores como “a maior produção de filmes, com um orçamento de US$ 1 bilhão”. Isso significa que mesmo com Homem-Aranha e Guardiões da Galáxia Vol. 2 a caminho, a Disney resolveu desembolsar US$ 500 milhões (R$ 1.5 bilhão) para cara filme de Guerra do Infinito. O filme mais caro até então era Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas, com um orçamento de US$ 378 milhões (R$ 1.1 bilhão).

Vingadores: Guerra Infinita | Thanos segura a Manopla do Infinito completa na nova foto


O retorno de Thanos, em toda sua glória, é esperado na primeira parte de Vingadores: Guerra Infinita, o terceiro filme da franquia, com estreia marcada para 4 de maio de 2018. A conclusão da história, Vingadores: Guerra Infinita – Parte II, chega aos cinemas um ano depois, em 3 de maio de 2019.

Lançado em abril deste ano, o último longa da saga, Vingadores: Era de Ultron acumulou US$ 1,39 bilhão de bilheteria mundial. Sua edição em Blu-ray e DVD será lançada em 14 de setembro e virá com 45 minutos de material extra, incluindo um teaser de Vingadores: Guerra Infinita.