Após a notícia de que os direitos de distribuição dos futuros filmes da franquia 007 estão sendo motivo de disputa entre cinco estúdios de Holywood, já começa a se falar em nomes para assumir o próximo longa.

Segundo a Indiewire, o cineasta Paul McGuigan, que já dirigiu Heróis (2009) e Xeque-Mate (2006), além de episódios das séries Scandal e Sherlock, entre outros trabalhos, está sendo cotado para o próximo filme de James Bond.

Em geral, os produtores Michael Wilson e Barbara Broccoli, que detêm os direitos da franquia junto com a MGM, têm preferido contratar diretores com renome artístico, em vez dos conhecidos por blockbusters. Foi assim com Sam Mendes (Beleza Americana), que dirigiu Spectre e Skyfall, e Marc Foster (A Última Ceia), que fez Quantum of Solace.


A obra mais recente de McGuigan, Film Stars Don’t Die In Liverpool (ainda sem título em português), com Jamie Bell e Annette Bening, tem sido bastante elogiada e seria a responsável por chamar a atenção dos produtores de 007.

A Indiewire afirma também que os produtores estão perto de conseguir fechar a volta de Daniel Craig como James Bond.

Os últimos filmes da franquia, sob distrubuição da Sony, atingiram um novo patamar de arrecadação para 007. Cassino Royale, Quantum of Solace, Skyfall e Spectre faturaram nada menos do que US$ 3,5 bilhões, apenas em bilheteria, durante a última década.