Era para ser um novo mundo de deuses e monstros, mas o Dark Universe da Universal pode voltar para a tumba de onde veio.

Depois das críticas e da fraca bilheteria de A Múmia (2017), os criadores do universo Alex Kurtzman e Chris Morgan estão saindo da franquia, deixando o futuro do Dark Universe incerto.

O estúdio possuía esperanças no remake de A Noiva do Frankestein, que seria dirigido por Bill Condon, para continuar a franquia. No entanto, em outubro deste ano, quando o filme estava em pré-produção, a Universal mandou toda a equipe ir para casa.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Com a saída dos dois principais nomes do Dark Universe, Kurtzman indo para a produção televisiva e Morgan voltando à franquia de Velozes e Furiosos, recaem incertezas sobre esse universo do estúdio. Segundo um repórter do site THR, a Universal planeja tentar salvar a franquia trazendo o fundador da Blumhouse, Jason Blum, a bordo – mas nada está certo ainda.

A franquia contaria com mais astros além de Tom Cruise, Russell Crowe e Sofia Boutella, que estralaram A Múmia. Javier Bardem era cotado para interpretar Frankestein, e Johnny Depp para ser O Homem Invisível.