Três filmes brasileiros entraram na seleção Panorama do Festival de Berlim 2018, que nesse ano decidiu se voltar para causas sociais como “o combate ao machismo”, anunciada nessa sexta (15).

Um deles é o documentário Bixa Travesti, que acompanha a cantora trangênero Linn da Quebrada, dirigido por Cláudia Priscilla e Kiko Goifman; os outros são Ex-Pajé, de Luís Bolognesi, documentário que segue uma tribo de indígenas prestes a ser erradicada; e o outro é Zentralflughafen THF, coprodução com a Alemanha dirigida pelo brasileiro Karim Ainouz (Praia do Futuro).

Entre os outros selecionados, filmes da Áustria (L’Animale, de Katharina Mückstein), Argentina (Malambo, El Hombre Bueno, de Santiago Loza) e Japão (Yoshi, de Kiyoshi Kurosawa).


Cineastas pedem reorganização do Festival de Berlim

Ilha de Cachorros, nova animação do diretor Wes Anderson, será o filme de abertura do Festival de Berlim 2018 – e vai fazer história como o primeiro longa animado a servir essa função na história do festival.

O Festival de Berlim 2018 será presidido pelo cineasta Tom Tykwer, conhecido por Corra Lola Corra, Perfume: A História de um Assassino e A Viagem, dirigido ao lado das irmãs Wachowski (Sense8), e acontece entre os dias 15 de 25 de fevereiro de 2018.