A figurinista Ruth Carter conversou com o THR sobre seu trabalho no vindouro filme do Pantera Negra, aventura da Marvel, e estimou a quantidade de trajes feitos para o longa em 700.

“Tivemos influências de vestimentas indígenas da África, de elementos futuristas para mostrar a superioridade tecnológica de Wakanda, e de alta costura para expressar o estilo de cada personagem”, contou.

Nakia, personagem de Lupita Nyong’o no filme, usa apenas tons de verde. “Queríamos algo que a elevasse, mas também a deixasse perto da Terra”, explica Nyong’o. A personagem, além de interesse romântico do herói, é embaixadora e espiã de Wakanda em territórios internacionais.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Carter, que trabalhou em filmes como Malcolm X e Selma, cita suas referências: o mestre das aplicações Issey Miyake, peças vintage inspiradas na África lançadas por grifes como Yves Saint Laurent e Donna Karan, vestimentas de tribos como os Maasai, Tuareg, Turkana, Xhosa, Zulu, Suri e Dinka, todos da África.

Enquanto o longa não estreia, previsões estão sendo feitas e apontam que Pantera Negra pode ser uma das maiores aberturas da história da Marvel.

Pantera Negra | Guerreiros de Wakanda se unem em novo vídeo

Pantera Negra estreia nos cinemas em 15 de fevereiro de 2018.