Detalhes do próximo filme de Quentin Tarantino permanecem sob forte segredo, sem mesmo ter um título. Entretanto, uma revelação feita nessa quinta (1º), pode gerar uma enorme discussão.

Segundo informações do jornalista da Variety, Justin Kroll, Roman Polanski, diretor francês que tem uma importante relação com o contexto do filme de Quentin, será um personagem do filme.

Ambientado no ano de 1969, o longa terá conexões históricas com a série de assassinatos praticados por Charles Manson e sua família. Um desses crimes foi o assassinato de Sharon Tate, esposa de Polanski na época, que estava grávida.


Entretanto, a adição do personagem Roman ao filme pode trazer reações polarizadas, devido ao fato de que o cineasta foi preso e condenado pela legislação americana sob assédio sexual e pedofilia. Desde então, está na Europa, sem pisar nos EUA.

O próximo filme de Tarantino, com Leonardo DiCaprio no elenco, estreará em 9 de agosto de 2019.