O ator Ian McKellen ganhou uma indicação ao Oscar por seu retrato do mago Gandalf na trilogia O Senhor dos Anéis, logo topou na hora reprisar o papel em uma segunda série de filmes, O Hobbit.

No entanto, como ele confessa no documentário Ian McKellen: Play the Part (via IndieWire), a experiência entre as duas sagas foi bem diferente.

“Foi deprimente filmar O Hobbit”, conta. “Usamos tanta tela verde. Em O Senhor dos Anéis, pelo que eu me lembro, quando Gandalf estava em cima de uma montanha, eu estava em cima de uma montanha!”.


“Eu não me lembro de lidar muito com a parte de efeitos especiais nos filmes originais. Lembro de me divertir muito, realmente aproveitar a experiência e viver o personagem. A tecnologia era muito diferente no começo dos anos 2000”, diz ainda.

Aos 78, Ian McKellen já planejou seu próprio funeral: “Uma celebração”

Os filmes de O Hobbit, dirigidos pelo mesmo Peter Jackson que adaptou a trilogia de J.R.R. Tolkien entre 2001 e 2003, foram lançados no intervalo entre 2012 e 2014.

Recentemente, foi anunciado que O Senhor dos Anéis vai retornar como série de TV, um projeto bilionário da Amazon.